Bancários decidem pelo fim da greve em Goiás e mais 11 estados

0
471

Paralisação foi iniciada no dia 6 e outubro e dura 21 dias.

Após 21 dias de greve, os bancários de Goiás e mais 11 Estados decidiram nesta segunda-feira (26/10) encerrar a paralisação e aceitar o reajuste de 10% nos salários e retornar ao trabalho nesta terça.

Goiás, São Paulo Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Rio Grade do Sul, Santa Catarina, Piauí, Amapá, Tocantins, Acre e Mato Grosso do Sul aprovaram a proposta de reajuste de 10%. Nos demais Estados, as assembleias estão ocorrendo na noite desta segunda-feira.

A proposta aprovada hoje foi a quarta oferecida pelos bancos em um prazo de 29 dias. Inicialmente a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) ofereceu 5,5% de reajuste com abono de R$ 2.500 e nas duas últimas semanas aumentou aos poucos o índice de correção dos salários até chegar em 10% sem o pagamento de abono.

Os bancários pediam em sua pauta de reivindicações 16% de reajuste —o índice incluía 5,7% de aumento acima da inflação medida pelo INPC acumulado nos últimos 12 meses.

Com o reajuste aprovado, a categoria acumula ganho real de 20,83% nos salários e 42,3% nos pisos salariais.

Sem Comentários

Deixe um comentário

*